Mais de 100 anos de história…

Criada em 1900, a loja BERNARDINO FRANCISCO GUIMARÃES marca, desde cedo, o mercado das ferragens na cidade do Porto e, em poucos anos, estende a sua fama por todo o País. Os seus fundadores, Bernardino Francisco Guimarães e Maria Amália da Fonseca Guimarães, investiram todo o seu saber no novo negócio e, “em pouco tempo, a firma alcançou, no comércio portuense, tal prestígio que este estabelecimento era dos mais frequentados na Capital do Norte por todos quantos estivessem interessados no comércio de ferragens, cutelaria e ferramentas…” (revista “Portugal Brasil”, 1958).

Mantendo-se, desde a sua fundação, no número 404 da Rua do Bonjardim, no Porto, BFG orgulha-se de ser uma loja de comércio tradicional especializada em ferragens exclusivas, de fabrico manual e por medida.

Ao longo dos anos, a loja foi sedimentando a sua fama e clientela e, em 1952 sucede-lhes, como proprietário, o seu sobrinho Heitor da Fonseca Vale, que sempre com eles havia trabalhado. Ativo e empreendedor, Heitor Vale dedica a sua vida ao estabelecimento, fazendo-o alcançar um elevado estatuto e um posicionamento muito concreto: ter sempre materiais de primeira qualidade e um atendimento exemplar. Para isso, expande a sua rede de fornecedores, importando matérias-primas e produtos finais de toda a Europa e, dizia-se, não havia dia que à BERNARDINO FRANCISCO GUIMARÃES não chegasse um carregamento de material novo da Alemanha, França, Espanha, Itália ou Áustria…

Na altura, como hoje, nenhum cliente saía da loja sem uma solução para o seu problema…

Os anos que se seguem ao 25 de Abril de 1974 tornam as importações muito difíceis e a loja sofre algum declínio, também por força das mudanças no mercado, onde os móveis – que têm de ser modernos e novos – já se compram com ferragens incluídas…

Esta conjuntura, que jamais mudará, obriga a uma adaptação da oferta, que passa então a dirigir-se unicamente à qualidade e à exclusividade dos produtos, fruto do serviço de fundidores e ferreiros que dirigem toda a sua atividade às encomendas e desenhos da BFG. Por essa razão, continuou a ser possível oferecer ferragens artesanais de diferentes estilos e épocas, ideais para móveis antigos, restauros e réplicas e os famosos artigos em ferro, de estilo rústico, as lanternas, os utensílios de lareira, os puxadores, e toda uma panóplia de produtos muito procurados para o restauro de casas antigas e quintas.

Esta longa história foi testemunha de trabalhos exemplares para a Sé do Porto, ou da recuperação de inúmeras quintas antigas, de solares e casas senhoriais, de norte a sul de Portugal.

Em 2003, sucederam a Heitor Vale, duas das suas filhas, Romi e Marina Vale, que dão continuidade ao negócio e canalizam os seus esforços para manterem a tradição de sempre, sem esquecerem a necessária modernização dos meios.

Em 2008, é altura da geração dos netos entrar no negócio. Alexandra Vale de Oliveira cria a LOJA ONLINE da BFG, permitindo a divulgação e distribuição das ferragens para todo o país e estrangeiro.

Em 2013, foi a vez de alargar o espaço ao segmento “2ª MÃO” com móveis e objetos de decoração usados. A BFG ganhou ainda mais charme, mantendo sempre o caráter de tradição.

A conjugação mais improvável aconteceu em 2017 com a abertura da cafetaria PÁTIO BONJARDIM, no pátio exterior da loja. O projeto onde participa mais um membro da família, Marta Vale Bessa. Uma espécie de jardim secreto em plena baixa do Porto.

A chancela “Porto de Tradição” chegou em 2019. Mais uma prova de que a nossa loja tem história e faz parte da história da cidade.

 

BFG é uma loja de ferragens especial, onde a tradição e o estilo conjugam FERRAGENS, MÓVEIS EM 2ª MÃO e uma
CAFETARIA com muito charme.